sexta-feira, 10 de abril de 2009

a margarida

O PC, um dos 3 ou 4 leitores deste blog, leu o que postei sobre Entre les murs e, também indisposto com a visão ilari-lari-lariê da educação no patropi, lembrou de Apareceu a Margarida, de Roberto Athayde. Cáspite, ainda não vi essa peça, que todo o mundo diz ser ducacete pra dizer o mínimo. Crianças, a D. Margarida foi encenada pelo Aderbal-Freire Filho em 1973, doce momento político do meu Brasil varonil, e rodou os palcos do país com Marília Pêra na pele da personagem. Depois, correu mundo, Alemanha e o diabo. Espero que volte logo a Brasília, onde andou pelo CCBB. Na França de Bégaudeau, Madame Marguerite foi vivida por Annie Girardot, que aparece aí na foto mostrado a margarida. Parece que a dona está no elenco do filme Caché, que também não vi. A ignorância é o motor da intentada viagem.

Um comentário:

  1. Annie Girardot, você quis escrever, eu acho.

    ResponderExcluir