quarta-feira, 15 de abril de 2009

dos cadernos de gramsci


"Intelectual: Por intelectuais deve-se entender não só as camadas comumente referidas com esta denominação, mas em geral toda a massa social que exerce funções organizativas em sentido lato, seja no campo da produção, seja no campo da cultura, seja no campo administrativo-político. O autor diferencia intelectual , intelectual orgânico e intelectual tradicional. O intelectual, no sentido gramsciano, é todo aquele que cumpre uma função organizadora na sociedade e é elaborado por uma classe em seu desenvolvimento histórico, desde um tecnólogo ou um administrador de empresas até um dirigente sindical ou partidário. Os intelectuais tradicionais podem ser membros do clero ou academia, e podem tanto vincular-se às classes dominadas quanto às dominantes, adquirindo autonomia em relação aos interesses imediatos das classes sociais. Para Gramsci, cada grupo social fundamental, com papel decisivo na produção, engendra seus próprios intelectuais, ditos ´orgânicos` a este mesmo grupo social. Assim, a classe burguesa, ao desenvolver-se no seio do antigo regime, traz consigo não apenas o capitalista, mas também uma série de figuras intelectuais mais ou menos distantes dele: o técnico da indústria, o administrador, o economista, o advogado, o organizador das mais distintas esferas do Estado . Tais intelectuais são os responsáveis pela nova forma do Estado e da sociedade, são os ´funcionários da superestrutura`, que terminam por moldar o mundo à imagem e semelhança da classe fundamental. Hegemonia: O conceito de hegemonia no pensamento gramsciano compreende direção e domínio, isto é, conquista, através da persuasão e do consenso, não atuando apenas no âmbito econômico e político da sociedade, mas também sobre o modo de pensar, sobre as orientações ideológicas e inclusive sobre o modo de conhecer. A hegemonia é a capacidade de unificar através da ideologia e conservar unido um bloco social, não se restringindo ao aspecto político, mas compreendendo um fato cultural, moral, de concepção do mundo."
(Fonte: Wikipédia etc.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário